NO DIA DA ÁGUA: CONHEÇA UMA DAS PRINCIPAIS DEFESAS DO MANDATO, A "LAGOA DE SOMBRIO"

Ouvir
Baixar

Meio Ambiente

22 MAR, 2020

O Dia Mundial da Água é comemorado em 22 de março e apresenta como objetivo colocar em discussão assuntos importantes relacionados com esse recurso natural. Como sabemos, a vida no planeta só é possível graças à presença de água, desse modo, cuidar das fontes de água é fundamental para a nossa sobrevivência. 
Origem e importância do Dia Mundial da Água:

Diante da importância da água para a nossa sobrevivência e da necessidade urgente de manter esse recurso disponível, surgiu o Dia Mundial da Água. Essa data foi criada em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e visa à ampliação da discussão sobre esse tema. No dia 22 de março de 1992, a ONU, além de instituir o Dia Mundial da Água, divulgou a Declaração Universal dos Direitos da Água:

1- A água faz parte do patrimônio do planeta;

2 - A água é a seiva do nosso planeta;

3 - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados;

4 - O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos;

5 - A água não é somente herança de nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores;

6 - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo;

7 - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada;

8 - A utilização da água implica respeito à lei;

9 - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social;

10 - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

No Mandato do Deputado Estadual Fabiano da Luz (PT/SC) na Assembleia Legislativa, a defesa da Água é contemplada em algumas Frentes, criadas e coordenadas pelo parlamentar, entre elas: 1 - Frente das Barragens. 2 - Fórum em Defesa das Energias, Água e Solo.
Uma das principais ações que Fabiano da Luz realizou foi apresentar na Assembleia Legislativa, durante reunião da Comissão Parlamentar de Turismo e Meio-Ambiente, na qual está na vice-presidência, denúncias sobre a Lagoa de Sombrio: esta que já foi a maior lagoa de água doce de Santa Catarina.

O MANDATO ACOMPANHA O CASO:

Fabiano da Luz visitou o local, acompanhado do presidente do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Sombrio Edmilson Colares, e também do presidente da ONG de proteção ambiental Aguapé, Andréia Teixeira. Edmilson, na época, explicou que a lagoa tem dois problemas principais. Um deles é a vazão em direção ao rio Mampituba, e dele ao mar, que é muito rápida. O outro problema é a proliferação de uma planta aquática chamada brachiaria.  Para reduzir a vazão, a melhor alternativa é promover a volta do canal ao seu traçado original. A questão da vazão, e em consequência a diminuição do volume de água da lagoa, teve início por volta de 1966, quando canais ligados a ela foram retificados pelo governo do estado, acabando com a sinuosidade natural do traçado.  O canal antigo pode segurar mais a água. Nos 16 quilômetros de Sombrio a Passo de Torres, não existem construções nem empreendimentos às margens da lagoa. O deputado Fabiano apresentou o grupo durante reunião da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, que contou com a participação de Edimilson Colares e do vereador de Sombrio, professor Marcelo Fagundes (PT).


Mais notícias

Agricultura

As mudanças para os empreendimentos rurais e pequenas empresas de SC

21 MAR, 2020

Santa Catarina

PRIMEIRA SESSÃO VIRTUAL DA HISTÓRIA DA ASSEMBLEIA

20 MAR, 2020

Santa Catarina

Por prevenção, Fabiano da Luz cancela agendas e divulga vídeo explicando à população

14 MAR, 2020

Agricultura

"FAZER A AGRICULTURA AVANÇAR": FABIANO DA LUZ RECEBE VEREADORES DE DIONÍSIO CERQUEIRA

05 MAR, 2020